Ponto G: aprenda onde fica e como estimular!

Ponto G feminino: vamos encontrar?

Já adiantamos que ele fica dentro do canal vaginal e, se estimulado, pode promover dois tipos de orgasmos: o clitoriano e o vaginal. Inclusive, pesquisadores de renome oferecem diferentes perspectivas. De ele ser realmente um local especifico, ou não!

O ginecologista Adam Ostrzenski, afirma nos seus estudos ter encontrado o local exato do ponto g da vagina. Porém, com a evolução dos estudos da área, ele foi contestado pela pesquisadora Helen O’Connell, que apresenta o ponto G não como um local especifico no corpo, mas sim uma combinação de fatores, sendo eles: atrito entre a uretra, a parede vaginal e a parte interna do clitóris. Sabendo dessas informações podemos concluir que o ponto G existe! Seja um local ou um combo de ações, em ambas possibilidades, se tem uma vagina, o prazer é certo!

Localização: onde é o x do mapa?

Juntando as duas informações dos estudos, sabemos onde fica. O ponto G fica a mais ou menos 5 centímetros da entrada do canal vaginal, na parte superior! Já adiantamos que, no sexo heteronormativo, o pénis entra em contato com a área, mas não consegue estimulá-la ao máximo. A melhor maneira é usar os dedos ou vibradores mais específicos para esse ponto.

Mas se não existe um padrão no formato das vaginas, como encontra-lo nas diferentes possibilidades do órgão? Durante o sexo, o corpo aumenta a circulação sanguínea na região íntima e a temperatura corporal e, para dar conta disso tudo, aumenta os batimentos cardíacos. Com isso, o Ponto G incha-se – sendo fácil ser encontrado!

Como estimular o ponto G feminino: 3 maneiras simples!

Existem 3 possibilidades básicas para estimular o ponto G, são elas: vibradores, usando os dedos ou com uma posição sexual diferenciada. Já pensou em qual dessas técnicas vai usar? Pense bem, combiná-las também é uma ótima forma de atingir e proporcionar prazeres astronômicos. Aliás, todas as dicas são válidas para as diferentes identidades de género com vagina, que podem usar essas técnicas nas suas aventuras sexuais acompanhadas ou sozinhas. Vamos às técnicas?

1. Vibradores: o brinquedo sexual essencial

Os vibradores específicos penetram no canal vaginal e possuem formatos anatômicos que estimulam o ponto G ao mesmo tempo. Todos eles possuem um formato curvo na ponta que facilita a estimulação. Alguns deles tem níveis de velocidade ou podem ser usados em diferentes regiões como no ponto P, no períneo e no ânus.

2. Dedos: faça o movimento do “vem cá”

Então, depois de algumas preliminares e um sexo oral bem feito, introduza os dedos no canal vagina com a palma da mão para cima. Dessa forma, dobre levemente os dedos e faça movimentos de vai e vem na sua direção. É só repetir esse gesto no ritmo que provoca as melhores sensações!

3. Ponte para os céus: a posição sexual perfeita para o orgasmo

Para essa posição, é só começar com um “papa-mamã” e elevar o quadril em direção ao céu. É uma posição que vale a pena ser explorada durante o sexo, pois os níveis de estímulo do ponto G são aprimorados. Aproveite para conhecer outras e apimentar a relação com posições sexuais diferentes.

Ponto G masculino: o pénis também desfruta desse prazer!

O ponto G masculino é a próstata! E esse é um órgão do tamanho de uma noz que fica mais ou menos 3 centímetros dentro do canal anal. É muito sensível e quando bem estimulado proporciona orgasmos intensos. Uma informação que vale ouro: sabia que é possível chegar no orgasmo sem nem tocar no pénis – esse é o poder da próstata.

Para chegar até ela é preciso estar relaxado e introduzir os dedos, o pénis ou os estimuladores no anus. A nossa dica é usar um lubrificante anal, ir com calma e seguir o flow! Com certeza o prazer que vai sentir ou proporcionar é de outro mundo. Não tenha medo de experimentar a penetração anal, sabemos que existem muitos tabus sobre isso, mas já é hora de se libertar para todas as formas de prazer!

Produtos relacionados

Deixe um comentario

Novidades

Pesquisa